Os 3 Pilares do Tantra

Reconectar-se com o corpo e suas sensações, amplificar a respiração, dar voz ao que se sente são os 3 pilares do Tantra: MOVIMENTO, RESPIRAÇÃO E SOM.

Em todos os nossos trabalhos terapêuticos com o Tantra, seja o Laboratório, seja o curso de massagem ou em nossas Formações para Terapeutas esse é um dos principais aprendizados. As pessoas perderam a naturalidade com o corpo, seja por vergonha, seja por trauma, seja pela descorporificação dos tempos modernos, e tudo isso junto.


1- MOVIMENTO

Desde criança, perdemos a naturalidade em expressar o corpo. Seja pela falta de contato e acolhimento, corpo a corpo com os pais, que nos fez perder o contato somático e afetivo com o próprio corpo. Ou por nos adaptar ao “certo” pedido pelo ambiente. Isso deixa nosso corpo num estado “congelado”, “paralisado” e “insensível”. Os movimentos e expressões tornam-se limitados.


- SOLUÇÃO: Trazer consciência corporal, experimentar movimentos novos, conectar a sensação ao movimento, perder a vergonha disso tudo. Diferentes dinâmicas corporais nos permitem recuperar tudo isso.



2- RESPIRAÇÃO

Pelas mesmas razões anteriores, respiramos apenas para sobreviver e para inibir sensações. A obrigação de sermos bem comportados não nos permite ficar intenso em nossas vidas.


- SOLUÇÃO: Trabalhar com exercícios de respiração aumenta nossa vitalidade, aumenta nossa conexão com o que sentimos, acordamos o corpo para esse sentir e nos deixa com mais presença, com mais beleza, mais vivacidade.



3- SOM

O som já não sai mais como forma de expressão real. Diante de um estímulo externo, processamos mentalmente e criamos uma resposta falada. Por exemplo, se você bater o dedo na porta, irá inibir o gemido ou o grito de dor e, provavelmente, irá se expressar falando algum palavrão.


- SOLUÇÃO: Cada movimento produz uma sensação – mesmo estar parado quieto tem uma sensação. Poder encontrar o som de cada sensação te deixa mais conectado consigo mesmo, mais sensível, e te nutrindo da sua própria vida.



A JUNÇÃO DOS 3 PILARES

Ter uma vida plena, presente, prazerosa, uma vida vivida, é o resultado de você reaprender a usar esses 3 pilares. Assim como quando você vê uma criança pequena, o grau de intensidade e plenitude em que ela está vivendo em cada momento, passando da dor para o prazer, do choro para alegria, imediatamente, essa é uma qualidade natural do ser humano que foi perdida.


40 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo